O CISCO NO OLHO Fev 26, 2010
Seção: Bom dia, amigos

Por Dinamérico Aguiar

Por que você fica olhando o cisco no olho do seu irmão, e não presta atenção à trave que está no seu próprio olho?

Mt, 7: 3-5

 

Existe um ditado antigo que diz: o macaco senta em cima do próprio rabo e fala do rabo do macaco vizinho. O tempo passa, amigos, e o ditado continua valendo. Só que em vez de macaco, são seres humanos, mesmo. Gente que gosta de falar da vida dos outros sem olhar para dentro delas mesmas, não é verdade?
Pessoas que sentem uma terrível alegria em falar dos outros, muitas vezes sem se dar conta de que o que se está falando está prejudicando o próximo. Isso sem contar aqueles que falam sem saber, meros papagaios repetindo coisas que ouviram ou leram...muitas vezes aumentando ou acrescentando algum detalhe para tentar dar um sabor mais real à história.

O Senhor Jesus já nos avisou: "Não julgueis para que não sejais julgados, porque com o juízo com que julgardes, sereis julgados e com a medida com que tiveres medido, vos hão de medir a vós...por que reparas tú no argueiro que está no olho do teu irmão e não vês a trave que está no teu olho?"

Pense bem no que disse o Senhor Jesus. Antes de julgar a alguém, de julgar e condenar como é hábito hoje em dia, meça sua vida, seus hábitos, sua família. Toma cuidado pois, na maioria das vezes, a pessoa que muito fala acaba sendo vítima do seu próprio veneno.

Vamos ter uma vida mais cristã, de mais amor, sem nos importarmos com o vizinho, a não ser para ajudá-lo no que nos for possível. Se você não puder ajudar, não atrapalhe, não faça comentários desairosos sobre as outras pessoas. E procure se lembrar da história de, quem conta um conto aumenta um ponto. Não saia por aí falando dos outros e, se você se sentir estimulado a fazer isso, lembre-se: primeiro tira o cisco que está no seu olho.

 

IMPRIMIR ESTA PÁGINA

 
Ronaldo Didini

Fundador do Ministério Caminhar

E-mail: ronaldodidini@ministeriocaminhar.com.br